ANUNCIE@PELEIAFC.COM
CONTATO@PELEIAFC.COM
Terceirona Gaúcha Por Tiago Nunes 09.04.2017
Anuncie Aqui!

Sapucaiense estreia com derrota fora de casa na Terceirona

Depois do adiamento da primeira rodada contra o Novo Horizonte para o dia 26 de abril e de ter prorrogado, por duas vezes, o jogo contra o Guarany de Camaquã (primeiro seria na quarta-feira, 05, e depois no dia seguinte, 07), enfim, o Sapucaiense entrou em campo na sexta-feira. Mas a derrota por 1 a 0 para a equipe camaquense não foi o resultado que o torcedor do Sapo esperava.

O Guarany começou melhor o jogo e dominou o início do primeiro tempo. Antes dos três minutos de bola rolando, a equipe de Camaquã já teve uma chance clara de gol, mas o goleiro Diego saiu nos pés do jogador adversário. O goleiro, aliás, foi um dos principais nomes do Sapucaiense na partida.

A principal jogada do Guarany eram os lançamentos vindos da defesa e do meio campo. Os jogadores de ataque da equipe de Camaquã estavam ganhando quase todos os lances. Mas, aos poucos, o Sapucaiense, mesmo sem levar perigo ao adversário, começou a controlar o jogo e tocar a bola no chão. Só que após uma roubada de bola no meio campo, aos 32 minutos do primeiro tempo, o Bugre pegou a defesa do Sapo desarrumada, o atacante Derick ganhou da defesa e encobriu o goleiro Diego.

 No segundo tempo, o técnico Alê Menezes começou o jogo com o mesmo time. Em seguida, trocou um atacante por outro: saiu Marlon e entrou Itamar. A partida ficou mais aberta e o Sapucaiense criou chances, mas não conseguiu aproveitá-las. Já no fim do jogo, em cobrança de escanteio, o zagueiro Jorge André, na risca da entrada da pequena área e sem marcação, cabeceou a bola, mas não pegou em cheio e perdeu o que seria o gol de empate do Sapo.

Mesmo com a derrota, o técnico Menezes elogiou a postura do time, mas se lamentou as chances perdidas. Para ele, a equipe poderia ter saído, no mínimo, com um empate. “Nós tivemos dois tempos bem distintos. No primeiro não conseguimos jogar. Na segunda começamos a tocar a bola e o jogo ficou aberto, mas pecamos nas finalizações. Agora é bola para frente e pensar no Riograndense e, dentro de casa, fazer os três pontos”, falou o técnico do rubro negro de Sapucaia.

O Sapucaiense volta a campo nessa segunda-feira, 10, contra o Riograndense de Santa Maria, no estádio Arthur Mesquita Dias, em Sapucaia.  

Foto: Divulgação/Sapucaiense

VOLTAR PARA O BLOG