ANUNCIE@PELEIAFC.COM
CONTATO@PELEIAFC.COM
Por 08.11.2018
Anuncie Aqui!

Zeca e Grêmio não saem do 0 a 0 em Eldorado

A igualdade no placar ao final do primeiro jogo pelas quartas de final da Copa Wianey Carlet, entre São José e Grêmio, em Eldorado do Sul, não foi por acaso. O que se viu no gramado do CT Hélio Dourado foi muito equilíbrio do começo ao fim entre as duas equipes. A definição da vaga para as semifinais ficou toda para o CT Morada dos Quero Queros, em Alvorada, no próximo domingo.

"É um confronto muito igual, não vejo muitas formas de surpreendermos eles ou eles nos surpreenderem. Os dois times se conhecem muito bem. Então, quem errar menos no segundo jogo tende a levar alguma vantagem", avalia o técnico Rafael Jaques.

No primeiro confronto, a maior parte do jogo ficou centralizada no meio de campo, com muitas trocas de passes e retirada de espaços do adversário. Depois de um início mais empolgado do Grêmio, mas sem levar qualquer perigo ao goleiro Fábio, logo a equipe comandada por Rafael Jaques avançou e controlou os movimentos do jogo. Foi assim que as primeiras oportunidades começaram a aparecer. 

Aos 11 minutos, Anderson Canhoto levou vantagem sobre o marcador e chegou ao fundo para cruzar forte. Gegê tentou completar para o gol, mas a bola passou perto. Aos 18, em uma sequência de três escanteios para o Zeca, Rafael Carrilho teve a última oportunidade, mas a bola passou na frente do seu pé no meio da pequena área. Na sequência, aos 23, a melhor chance de marcar em todo o jogo. Depois de trocarem passes, Gegê e Tcharles invadiram a área mas, na hora de concluir, confundiram-se. Tcharles acabou chutando sobre o gol.

O Grêmio só levava perigo em jogadas de bola parada. Aos 41, uma cobrança forte e no chão obrigou Fábio a fazer grande defesa. Depois disso, aconteceu o lance polêmico da partida. Tcharles cruzou para a área buscando Gegê. No meio do caminho, porém, a bola encontrou a mão, com os braços abertos, do zagueiro gremista, dentro da área. A arbitragem, porém, não marcou o pênalti. 

No intervalo, Jaques fez apenas uma mudança. Marcelo substituiu Christian na lateral-esquerda. A ideia era ter mais uma alternativa para a chegada em velocidade ao campo de ataque. Deu certo. Foi pelos pés de Marcelo que as primeiras oportunidades da segunda etapa surgiram. Na primeira delas, a bola rodou praticamente todo o ataque até chegar em Canhoto, que chutou forte e por muito pouco não abriu o placar aos 5 minutos da segunda etapa. 

Mas o São José não produziu muito mais do que isso no segundo tempo. Os donos da casa chegaram a levar perigo aos 21 minutos, em um chute cruzado que Fábio só acompanhou para fora, mas não passaram disto, e o placar acabou sendo justo.

O Zeca chegou, com este jogo, ao 12º sem sofrer gols na Copinha, mantendo a posição de melhor defesa, com apenas cinco gols sofridos em 15 jogos.

Fotos: Rodrigo Fatturi/Grêmio

VOLTAR PARA O BLOG