ANUNCIE@PELEIAFC.COM
CONTATO@PELEIAFC.COM
Por 08.02.2019
Anuncie Aqui!

Zeca: Vice-liderança do Gauchão mantida com vitória em casa

A frase do técnico Rafael Jaques ao entrar no vestiário após a vitória por 2 a 1 do São José sobre o São Luiz, no começo da noite deste sábado (9), resumiu a partida disútada no Passo d'Areia, fundamental para que o Zeca continue crescendo na competição. A vitória levou a equipe aos 12 pontos depois de seis rodadas, na vice-liderança isolada. O que dará ainda mais tranquilidade para o confronto da próxima quarta, pela Copa do Brasil, diante da Chapecoense, novamente no Passo.

Mas quem ouvisse a frase ao final do jogo, e só tivesse assistido aos primeiros minutos de bola rolando no Passo, pareceria irreal. É que o ataque do Zeca começou arrasador. Aos 2 minutos, já na terceira jogada pela direita, Rafael Tavares foi ao fundo e cruzou, na medida, no primeiro pau, onde o atacante Tiago Pará saltou para a bola e desviou certeiro, no gol, abrindo o placar. O próprio Pará, por muito pouco, não ampliou o placar aos 15 minutos, ao cobrar uma falta próxima da área. A bola acabou espalmada para fora pelo goleiro.

A partir de então, foi o São Luiz quem cresceu no jogo e passou a ter a iniciativa. Aos 21 minutos, Maicon desviou de cabeça no cruzamento e empatou a partida em 1 a 1.
Somente na parte final do primeiro tempo o Zeca retomou as rédeas do jogo. E voltou a empilhar oportunidades para marcar. Primeiro, aos 40 minutos, Márcio Lima cruzou na pequena área. William Americano e Tiago Pará desviaram, e a bola acabou passando para fora. Dois minutos depois, foi Matheusinho quem cruzou perigosamente na frente do gol, mas o goleiro chegou antes de Tiago Pará na bola.

A partida equilibrada obrigou o técnico Rafael Jaques a fazer uma variação na formação e no sistema de jogo para a segunda etapa. O centroavante William Americano deu lugar a Éverton Júnior, e, no meio de campo, Tiago Pedra saiu para a entrada de Tássio. 

"Mudamos a formatação para provocarmos uma variação no jogo. A defesa deles estava pronta para marcar o nosso jogador referência na frente. Era esta a nossa proposta inicial de jogo, mas precisava mudar. Ganhamos em mobilidade e, como já havia acontecido nos jogos anteriores, fizemos um segundo tempo mais forte do que o primeiro", disse, ao final do jogo, Rafael Jaques.

Com Tiago Pará, Matheusinho e Éverton Júnior no ataque, a velocidade de execução das jogadas elevou em muito, e isso confundiu os marcadores da equipe de Ijuí. A primeira chance clara de gol surgiu dos pés de Éverton Júnior. Depois do chute forte de Matheusinho, o goleiro soltou e, na sobra, Éverton Júnior acabou chutando sobre a goleira. Aos 23, novamente Matheusinho escapou dos marcadores e parou no goleiro.

No minuto seguinte, porém, quem levou a melhor foi o ataque do Zeca. Crystopher ajeitou, rolando para trás na entrada da área, e Éverton Júnior chegou chutando. A bola desviou na defesa e tirou o goleiro do lance. Estava decretado o 2 a 1 no placar. E poderia ter se tornado uma vantagem ainda maior aos 30 minutos, quando Rafael Tavares recebeu com liberdade na grande área. Ele chutou forte, no chão, e o goleiro fez um milagre. Aos 44, outras vez Éverton Júnior quase marcou. Ele recebeu de Matheusinho e chutou forte, a bola passou raspando a trave.

Mas você lembra daquela frase final do Jaques? Foi nos acréscimos que o São Luiz voltou a acordar. Aos 46 minutos, o atacante recebeu sozinho na grande área. Da marca do pênalti, chutou, e a bola passou alta para fora. Três minutos depois, a cabeçada do ataque visitante passou raspando o travessão após o escanteio. 

O alívio veio com o apito final.

"O grupo de jogadores está de parabéns pela campanha que estamos fazendo. Agora, podemos pensar na competição olhando para cima, para a parte alta da tabela, e não mais preocupados com os pontos mínimos para sair lá de trás. Mais uma vez, tivemos o problema de desequilíbrio na intensidade durante o jogo, é um assunto que temos conversado entre nós, e encontraremos um equilíbrio", avalia Jaques.

O Zeca volta a campo para a estreia na Copa do Brasil na próxima quarta, às 19h, no Passo d'Areia, diante da Chapecoense.

Foto: Eduardo Torres Divulgação/EC São José

VOLTAR PARA O BLOG