ANUNCIE@PELEIAFC.COM
CONTATO@PELEIAFC.COM
ESPECIAL Por Tiago Nunes 22.09.2016
Anuncie Aqui!

Ju passa pelo São Paulo e está nas quartas da Copa do Brasil

Mais uma vez, o Juventude mostrou sua força ao derrubar um gigante do futebol brasileiro. Na noite desta quinta-feira (22/09), o Verdão garantiu, diante de um Jaconi completamente lotado e um show da torcida, a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Nem mesmo a derrota por 1 x 0 para o São Paulo diminuiu o brilho da classificação, que foi construída no jogo de ida, na vitória por 2 x 1 no Morumbi. Agora, o Verdão aguarda a definição do seu próximo adversário na competição, em sorteio que será realizado amanhã, pela CBF.

O jogo

A partida foi envolta por uma grande festa da Papada. Antes mesmo de a bola rolar, centenas de torcedores acompanharam a chegada da delegação no Jaconi, no já tradicional “Corredor Jaconero”. Nas arquibancadas, cerca de 12 mil torcedores deram um verdadeiro show e empurraram a equipe do primeiro ao último minuto.

Tanto apoio foi retribuído por uma entrega extraordinária dos atletas em campo. Com um começo de jogo equilibrado, o Juventude mostrou que, além de se fechar muito bem, também tentaria propor o jogo. Com uma defesa de pura imposição e um sistema de marcação que deixava poucos espaços para o São Paulo, o Juventude apostava na rápida transição para chegar à área adversária. E foi o que aconteceu. Aos 11, Bruninho roubou bola de Rodrigo Caio e tocou para Lucas, que avançou e rolou para Roberson. O atacante carregou pela direita, invadiu a área e finalizou firme, rasteiro, no pé da trave do goleiro Dênis.

A resposta do time paulista veio só aos 26 minutos, quando Cueva cobrou falta e Elias saltou para fazer grande defesa. Perigoso na bola aérea, o São Paulo insistia nas jogadas pelo alto, mas a zaga alviverde não permitia conclusões com perigo.

Precisando abrir o marcador para seguir sonhando com a vaga, o São Paulo voltou para o segundo tempo mais ofensivo, mas não esperava que o Juventude fosse assustar tão cedo. Logo a um minuto, Roberson recebeu de Felipe Lima na marca do pênalti, girou e soltou a bomba, para defesa difícil de Dênis.  Aos 22, Pará recebeu na esquerda, puxou para o meio e finalizou com a direita, para nova defesa do goleiro.

Sem conseguir penetrar na forte marcação alviverde, o São Paulo continuou apostando nas bolas aéreas. E foi assim que chegou ao gol, aos 23 minutos, quando Bruno cruzou da direita e Rodrigo Caio subiu, em posição de impedimento, para marcar, de cabeça. 0 x 1.

Se o resultado já era dramático por si só, a situação ficou ainda mais difícil quando, depois das três substituições já realizadas por Antônio Carlos Zago, Felipe Lima sentiu uma lesão que praticamente o tirou do jogo. Com Elias iluminado, a torcida Jaconera ainda viu Klaus, no último lance de jogo, roubar a bola na intermediária e ficar cara a cara com o goleiro Dênis, que defendeu o chute rasteiro do zagueiro. O apito final trouxe alívio e muita, mas muita festa no Jaconi. O Juventude alcançou, neste momento, ao chegar nas quartas de final da Copa do Brasil, um feito que só havia conseguido em 1999, justamente o ano em que conquistou a competição.

“Vamos curtir muito este momento, esta classificação e aguardar quem será nosso próximo adversário na competição. Este é um dos momentos mais importantes dos últimos anos do clube, então esperamos que a nossa torcida continue apoiando, vindo ao estádio, como fez no jogo de hoje. Foi incrível e isso só traz energia positiva para dentro de campo. Espero que tudo isso que está acontecendo possa se refletir na Série C do Brasileiro, que segue sendo a nossa prioridade, onde teremos dois compromissos dificílimos contra o Fortaleza, em busca do nosso tão sonhado objetivo, que é o acesso”, destacou o técnico Antônio Carlos Zago, ao final da partida.

Mesmo sonhando em ir o mais longe possível na Copa do Brasil, o Juventude segue com foco total na Série C. No próximo dia 03, às 19h15min, o Juventude encara o Fortaleza no estádio Alfredo Jaconi, em partida de ida que vale uma vaga na Série B em 2017. É mais uma oportunidade para a torcida Jaconera lotar as arquibancadas e empurrar o time rumo ao grande objetivo da temporada e tornar 2016 ainda mais inesquecível.

Foto: Arthur Dallegrave / E.C.Juventude

VOLTAR PARA O BLOG