ANUNCIE@PELEIAFC.COM
CONTATO@PELEIAFC.COM
Divisão de Acesso Por Tiago Nunes 04.10.2016
Anuncie Aqui!

Acho muito difícil o pessoal do Acesso aceitar a unificação, afirma Novelletto

Na tarde desta terça-feira, em Porto Alegre, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto receberá os representantes da Terceirona Gaúcha para um encontro. Na ocasião, os dirigentes  irão propor a unificação da Terceirona e da Divisão de Acesso para 2017. Os próprios clubes pediram esse encontro na FGF. 

Em entrevista a repórter Angélica Varaschini, da Rádio Imembuí, de Santa Maria, o presidente revelou que a proposta será recebida e encaminhada aos clubes da Série A2, que terão o poder de decisão. "Apenas chegou um ofício pedindo essa reunião. Sem problema. A proposta é no sentindo de unificar as duas séries. Por parte da federação, não temos nada contra, mas dificilmente irá passar, pois tudo se resolve democraticamente pelos clubes do Acesso. Teria que haver unanimidade. Vou recebê-los e repassar aos cubes da Divisão de Acesso no congresso de dezembro", contou Novelletto. 

De acordo com o presidente da FGF, uma possível unificação traria alguns problemas, como um campeonato com mais de 40 equipes. Para Novelletto, outra questão é que muitos clubes fechados voltariam para jogar o torneio unificado sem estrutura.

"Eu conheço todo mundo do Acesso e acho muito difícil o pessoal aceitar essa unificação. Hoje, o Acesso funciona como uma espécie de filtro. Temos 120 clubes inscritos na federação e cerca de 50 em atividade. Se você unir as duas vai dar um torneio de 40 equipes, pois clubes que não estão abertos iriam jogar sem nenhuma estrutura", finalizou Novelletto.  

O congresso técnico da Divisão de Acesso deverá ser realizado no dia 15 de dezembro, na sede da FGF, em Porto Alegre. Nos bastidores, a ideia de unificação não foi bem aceita por alguns integrantes da Série A2, pois aumentaria a disputa pelas únicas duas vagas ao Gauchão.

Foto: Divulgação/Site FGF

VOLTAR PARA O BLOG